Fórmula 1: Pérez volta a testar positivo para Covid-19 e Hulkenberg segue como substituto

O mexicano Sergio Pérez voltou a testar positivo para a Covid-19 e está fora do GP dos 70 anos da Fórmula 1 na Inglaterra. O resultado do novo exame foi divulgado na manhã desta sexta-feira (7). A vaga na Racing Point segue com o alemão Nico Hulkenberg. A quinta corrida da temporada, disputada no circuito de Silverstone, está marcada para domingo (9), às 10h10, no horário de Brasília.

Infectado desde o dia 30 de julho, Pérez ficou fora do GP da Inglaterra, quarta etapa da F1. Hulkenberg foi o substituto, disputou a classificação para o grid, mas ficou fora da corrida por causa de um parafuso quebrado, o que impediu o carro de ir à pista. Será mais uma chance ao alemão, que correrá ao lado do canadense Lance Stroll na Racing Point, e busca uma nova equipe para a próxima temporada. Um dos possíveis destinos seria a Alfa Romeo, devido a possibilidade do finlandês Kimi Raikkonen se aposentar. O outro é a Haas, que procura um piloto experiente e que possa levar também um patrocínio.

Pelas determinações do governo britânico, Pérez já estava liberado do isolamento, já que o prazo é de sete dias. Porém, a organização da F1 só permitiria o retorno do mexicano ao circo caso o novo exame desse negativo, o que não aconteceu.

A classificação do grid de largada será no sábado (8), às 10h.