Museu de História Natural de NY manda retirar estátua de Roosevelt considerada racista

O Museu de História Natural de Nova York informou que irá retirar de sua entrada uma estátua do ex-presidente estadunidense Theodore Roosevelt, por ser considerada racista. O anúncio foi feito pelo prefeito Bill de Blasio, neste domingo (21).

 “O Museu Americano de História Natural solicitou a remoção da estátua de Theodore Roosevelt porque ela explicitamente retrata os povos indígenas e negros como subjugados e racialmente inferiores”, em referência à obra, que está no local desde 1940 e retrata Roosevelt montado a cavalo, enquanto um índio e um negro caminham ao lado do animal. “A prefeitura apoia o pedido. É a decisão e o momento certo para remover essa estátua problemática”, acrescentou o político.

Diante dos protestos  anti racistas que tomaram as ruas nos Estados Unidos e se espalharam pelo mundo, após a morte de George Floyd, o museu avaliou que era o momento propício para a medida. “Embora a estátua seja de propriedade da cidade, o museu reconhece a importância de tomar uma posição neste momento”, disse a instituição, acrescentando que viram “como a atenção do mundo e do país se voltam cada vez mais para estátuas e monumentos como símbolos poderosos e prejudiciais do racismo sistêmico”. A data da remoção da obra, no entanto, ainda não foi informada.